Imagem padrão para notícia sintprevs, exibe um fundo branco com o logo do sindicato centralizado ao meio.

Em Belém | Projeto CARNE – Patriarcado e Capitalismo

Duas mulheres em cena apresentam estatísticas, cantam, apresentam passagens bíblicas, mostram bonecas infantis e objetos domésticos, pintam-se obsessivamente… Além disso, imagens publicitárias e de artistas contemporâneo-a-s são projetadas numa grande tela, tudo para revelar a profunda desigualdade entre os sexos que se manifesta nos espaços público e privado. Este é o projeto Carne, da Kiwi Companhia de Teatro, responsável por trabalhos como Tudo o que você sabe está errado, Carta aberta, Teatro/mercadoria e Fragmento b3, entre outros.

Inspirando-se na autora austríaca Elfriede Jelinek, prêmio Nobel de literaturaem 2004, e na obra da historiadora Michelle Perrot, Carne discute as relações profundas entre patriarcado e capitalismo, mostrando, através deprocedimentos não naturalistas, o panorama da opressão de gênero e a situação específica da violência contra as mulheres no Brasil.

O projeto Carne, que além do trabalho cênico inclui uma série de debates e oficinas abordando temas como o feminismo, o marxismo, o patriarcado e as configurações do teatro contemporâneo, inaugurou um novo momento da Companhia, marcado por parcerias com organizações e movimentos sociais. Esta nova situação ancora ainda mais o trabalho do grupo na realidadesocial do país, ampliando a interlocução com públicos normalmente distantes do teatro e tratando temas dificilmente levados à cena. [Fonte:Kiwi Companhia de Teatro/Cooperativa Paulista de Teatro]

Programação em Belém – PA (2012)

Apresentações da peça Carne (seguidas de debates)
Datas e horários: 08 (sexta-feira) e 09 (sábado) de junho, 19h30
Local: Teatro Cuíra – Rua Riachuelo 524 (esquina com 1° de Março)

Oficina As mulheres e os silêncios da História
Data e horário: 09 de junho (sábado), das 14h às 17h
Local: Teatro Cuíra – Rua Riachuelo 524 (esquina com 1° de Março)

Mostra de filmes Gênero em movimento (seguida de debate)

Data e horário: 10 de Junho (domingo), 10h
Local: GEMPAC (Grupo de mulheres prostitutas da área central) – Rua Padre Prudêncio, 462 – Campina

filme: Bajo Juarez. Laciudad devorando a sus hijas, de Alejandra Sánchez e José Antonio Cordero (México, 2007), 96 min. Documentário sobre a morte de mais de 400 mulheres durante os últimos 15 anos em Ciudad Juárez, uma vila de operárias na fronteira com os Estados Unidos. O filme dá a palavra às parentes das mulheres assassinadas, às mulheres que vivem em Juárez sob ameaça constante de violências e às jornalistas que procuram revelar a verdade por trás destas mortes.

* Projeto contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz. MINC/Funarte. Apoio: Cooperativa Paulista de Teatro, GEMPAC – GRUPO DE MULHERES PROSTITUTAS DA ÁREA CENTRAL, Teatro Cuíra e Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves.

Kiwi companhia de teatro/Cooperativa paulista de teatro
www.kiwiciadeteatro.com.br
kiwiciadeteatro@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*